Atividade Física

A atividade física é definida como qualquer movimento corporal produzido pelos músculos esqueléticos que requer gasto de energia.
Uma das formas mais eficazes e saudáveis de prevenir ou de diminuir o excesso de peso é praticar atividade física regularmente. Esta apresenta, também, efeitos benéficos na saúde cardiovascular, respiratória, metabólica, mental, assim como na prevenção das quedas, em especial, nas pessoas idosas.

De seguida salientamos algumas das vertentes da saúde humana em que a atividade física tem uma influência positiva:

1- Diminui a pressão arterial;
2- Melhora o perfil lipoproteíco, a proteína C reativa e outros marcadores biológicos da doença coronária;
3- Amplia a sensibilidade à insulina, tornando-a mais eficaz;
4- Nas pessoas idosas aumenta a capacidade muscular e a flexibilidade diminuindo o risco de queda e ao preservar a massa óssea torna os ossos mais resistentes a uma possível fratura em caso de queda;

5- Atua, também, sobre diversos aspetos da saúde mental, designadamente, diminui a ansiedade, melhora a sensação de bem-estar e de qualidade de vida, as funções cognitivas e diminui o risco de declínio cognitivo e demência.
É importante referir que, a inatividade física (sedentarismo) foi identificada como o quarto principal fator de risco para a mortalidade global, causando um número estimado de 3,2 milhões de mortes no mundo. Além disso, a inatividade física é estimada como a principal causa para cerca de 21-25% dos cancros da mama e do cólon, 27% de diabetes e, aproximadamente, 30% das cardiopatias isquémicas.
A Direção-Geral da Saúde recomenda:

Pela sua saúde faça atividade física!

Partilhar
Topo