Segurança Alimentar

“Uma situação que existe quando todas as pessoas, em qualquer momento, têm acesso físico, social e económico a alimentos suficientes, seguros e nutricionalmente adequados, que permitam satisfazer as suas necessidades nutricionais e as preferências alimentares para uma vida ativa e saudável”. (FAO, 2010)

A insegurança alimentar em Portugal está presente em 19,3% das famílias portuguesas.

 

Insegurança Alimentar em Portugal

Avaliação da situação de segurança alimentar 1

Figura 1. Prevalência de insegurança alimentar na população portuguesa. Fonte: Saúde.Come, 2015-2016.

“As famílias mais desfavorecidas apresentam hábitos alimentares menos saudáveis” 

A insegurança alimentar e a adesão à dieta mediterrânica

Avaliação da situação de segurança alimentar 2

Figura 2. Prevalência de adesão elevada ao padrão alimentar Mediterrânico por nível de (in)segurança alimentar para o total nacional e por grupo etário, ponderada para a distribuição da população Portuguesa.

Os indivíduos com insegurança alimentar moderada/grave apresentam menor prevalência de elevada adesão ao padrão alimentar Mediterrânico do que os que reportam segurança alimentar.

 

A insegurança alimentar e a prevalência de doenças crónicas

Avaliação da situação de segurança alimentar 3

Figura 3. Insegurança alimentar em Portugal de acordo com diversas doenças crónicas. Fonte: Saúde.Come, 2015-2016.

“A prevalência da obesidade segue um gradiente social”

Prevalência de obesidade de acordo com o nível educacional

Avaliação da situação de segurança alimentar 4

Figura 4. Obesidade por nível educacional